Dom João Wilk constitui e nomeia Conselho Administrativo Diocesano

 

Em reunião, pela manhã do último dia 06 de dezembro, na Cúria Diocesana, Dom João Wilk constituiu o Conselho Administrativo Diocesano (CAD). Amparado pelo direito canônico no parágrafo 492, o bispo viu a necessidade da criação do órgão. Além do bispo, estiveram presentes na reunião padres e leigos nomeados para as funções do Conselho, e os assessores  Irmã Marília Alves de Godoi, Vice-Chanceler da Cúria, e o advogado Leonardo Guiotti Filho, secretário do patrimônio da diocese.

“A finalidade do CAD é assessorar o Bispo na administração dos bens móveis e imóveis que integram o Patrimônio da Igreja Particular de Anápolis, tendo como objetivo alcançar uma efetiva comunhão, participação e corresponsabilidade na Igreja Particular de Anápolis”, relata o decreto de posse.

Segundo o decreto de nomeação, espera-se dos membros do Conselho que sejam pessoas dotadas de experiência, de sã doutrina e de critério provado. E que os assuntos administrativos sejam tratados com responsabilidade, tendo em vista o bem da Diocese. Conforme o código canônico, parágrafo 471, os nomeados foram notificados que “ao tomar posse do ofício, formularão a promessa de desempenhar fielmente seu oficio e de guardar segredo dos assuntos em questão”.

 

Composição do Conselho Administrativo Diocesano (CAD)

  1. Presidente: Bispo Diocesano ou seu delegado;
  2. Ecônomo Diocesano;
  3. Três leigos peritos em: economia, engenharia, administração, contabilidade e direito, sendo eles: Sr. João Soares da Silva, Sr. Marcelo Batista Moreira e Sr. Rogério Nonato Coelho;
  4. Três representantes do Clero Diocesano, sendo os padres: Edimilson Luiz de Almeida, Antônio Carlos Pereira Vieira e Francisco Soares Pereira.
Ir para o topo