Diocese de Anápolis

Diocese de Anápolis

Diocese de Anápolis

Características

DIOCESE DE ANÁPOLIS – GO

PROVÍNCIA ECLESIÁSTICA DE GOIÂNIA – GO

REGIONAL CENTRO-OESTE DA CNBB

 

Histórico: A Diocese de Anápolis foi criada no dia 11 de outubro de 1966 pela Constituição Apostólica “De animorum utilitate”, do Papa Paulo VI. Foi instalada aos 10 de dezembro de 1966, em solenidade presidida pelo então Núncio Apostólico Dom Sebastião Baggio, com a posse de seu primeiro bispo Dom Epaminondas José de Araújo, que veio transferido da Diocese de Rui Barbosa – BA; pediu transferência em junho de 1978, para Palmeira dos Índios – AL. Seu segundo bispo, Dom Manoel Pestana Filho, foi nomeado em 30 de novembro de 1978, sagrado em 18 de fevereiro de 1979 e empossado em 11 de março do mesmo ano. O terceiro bispo diocesano, Dom João Wilk, da Ordem dos Frades Menores (Franciscanos) Conventuais, de origem polonesa. Foi nomeado bispo aos 28 de janeiro de 1998 para a Diocese de Formosa – GO. Foi sagrado na catedral de Formosa e tomou posse canônica aos 04 de abril de 1998. Aos 09 de junho de 2004 foi nomeado bispo de Anápolis. Iniciou canonicamente o pastoreio aos 14 de agosto de 2004.

Padroeira da Diocese: Senhora Sant’Ana
Situação geográfica: Centro do Estado de Goiás.
Limites eclesiásticos:
– Arquidiocese de Goiânia, Dioceses de Goiás, Luziânia, Uruaçu.
Superfície: 14.178,5 km2
População: 655.495 hab. estimado para 2023.
Densidade populacional: 42,39 hab/km2
Altitude: em média de 1.000 m.

Juridicamente, a Diocese de Anápolis está registrada no Cartório de Pessoas Jurídicas de Anápolis, sob nº 854, Fls. 53/54 do Livro B-17 de 15 de julho de 1977. Teve o reconhecimento de Utilidade Pública concedido pela Lei nº 1.198 de 28 de maio de 1984, da Prefeitura Municipal de Anápolis, e pela Lei nº 9.460 de 20 de junho de 1984 do Governo do Estado de Goiás.

Municípios que integram a Diocese: (19) Abadiânia, Alexânia, Anápolis, Campo Limpo de Goiás, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Damolândia, Girassol, Goianápolis, Interlândia, Jaraguá, Jesúpolis, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Pirenópolis, Posse D’Abadia, Santa Rosa de Goiás, São Francisco de Goiás, Terezópolis de Goiás, Vila Propício.

Possui 61 Paróquias, incluindo a Capelania Militar Nossa Senhora do Loreto e a Capelania Hospitalar São Camilo de Lellis.

Divide-se em quatro Regiões Pastorais:

Região 1 -Senhora Sant’Ana
Região 2 – Nossa Senhora de Fátima
Região 3 – Nossa Senhora do Rosário
Região 4 – Nossa Senhora da Penha

Sacerdotes diocesanos: 

Sacerdotes residentes incardinados: 84
Sacerdotes residentes não incardinados: 01
Sacerdotes diocesanos atuantes na Diocese: 85
Sacerdotes incardinados residentes no estrangeiro: 10
Sacerdotes incardinados residentes fora da Diocese: 11
Sacerdotes incardinados sem exercer o ministério: 4
TOTAL dos sacerdotes diocesanos incardinados: 109
Sacerdotes religiosos atuantes na Diocese: 39
TOTAL dos sacerdotes atuantes na Diocese: 123

Diáconos permanentes:  20

Diáconos permanentes sem exercer o ministério: 02

Religiosos: 97

Ordens – Institutos – Congregações: 07
Comunidades: 12
Sacerdotes: 39
Irmãos não sacerdotes: 13
Estudantes: 45

Religiosas: 169

Ordens – Congregações – Institutos: 16
Comunidades: 22
Associação Pública de Fiéis: 01
Institutos Seculares: 01
Novas Comunidades e Fundações: 06

Seminaristas: 43

Ano Pastoral: 07
Teologia: 12
Filosofia: 09
Propedêutico: 15

 

Rolar para cima