Assim será celebrado o Dia Mundial dos Pobres 2019 em Roma

 

O Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização está organizando, por ocasião do Dia Mundial dos Pobres 2019, várias iniciativas em Roma em favor das pessoas indigentes e sem lar. Trata-se da terceira edição deste Dia Mundial anual instituído pelo Papa Francisco.

No domingo, 17 de novembro, o Papa Francisco presidirá a Celebração Eucarística na Basílica de São Pedro, às 10h (hora de Roma), na qual os primeiro lugares estarão destinados para pessoas necessitadas.

Posteriormente, o Santo Padre dirigirá a oração do Ângelus e, ao finalizar, o Pontífice almoçará na Sala Paulo VI com centenas de pessoas pobres, muitos dos quais vivem na rua. Como nos anos anteriores, fará também outros refeitórios nos quais será servido almoço gratuito a pessoas indigentes.

Anteriormente, a Praça de São Pedro hospedará um “centro de saúde” gratuito para pessoas pobres. Os serviços estarão disponíveis durante uma semana, a partir de segunda-feira, 11 de novembro. Deste modo, as pessoas indigentes e sem lar poderão realizar análises laboratoriais e receber atendimentos médicos especializados.

Além disso, será realizada uma iniciativa da qual participarão pessoas pobres. Esta acontecerá neste sábado, 9 de novembro, às 18h (hora de Roma).

Trata-se de um concerto na sala Paulo VI “com os pobres e para os pobres”, no qual participarão o coro da Diocese de Roma, dirigido por Mons. Marco Frisina, e a orquestra italiana de cinema.

Entre as canções que os músicos interpretarão estão “Tu es Petrus” e algumas trilhas sonoras de filmes sobre diferentes pontífices: de São João Paulo II, “Open the doors”, de São João XXIII “Pacem in terris”, de São Paulo VI, “La última audiência”, e de São Pedro, “A crucificação de Pedro”.

Do mesmo modo, o programa musical contempla temas de filmes sobre alguns santos, como São João Bosco, Santa Clara e São Francisco, São Felipe Nery e Santa Maria Madalena. Por último, o Papa Francisco escreveu uma mensagem para o Dia Mundial dos Pobres 2019, com o título “A esperança dos pobres jamais se frustrará”.

Fonte: ACI Digital

Ir para o topo