Funções do Magistério da Igreja

1. O Magistério da Igreja não se coloca acima da Palavra de Deus 2. O Magistério da Igreja é o guardião e o interprete da Revelação Na prática da teologia é preciso levar em conta a posição da função magisterial da Igreja, que muitas vezes interfere de fora no trabalho do teólogo advertindo, admoestando, avaliando,

Magistério da Igreja

1. A doutrina dos Apóstolos e de seus sucessores 2. A doutrina dos Padres da Igreja 3. A Igreja Romana 4. A Santa Sé 5. O Papa 6. O Papa e os Bispos O teólogos utilizam-se do nome “Magistério da Igreja” com muita freqüência e com diversos significados. Normalmente foram ou estão sendo atribuídas a

Definições da teologia e suas divisões

1. Definições da teologia a) Definições objetivas b) Definições personalistas 2. Divisões da teologia Contrariamente aos costumes adotados pelos manuais, que abordam essas questões já no início, nós as transferimos para o final da caracterização geral da teologia, como uma espécie de síntese. 1. DEFINIÇÕES DA TEOLOGIA Não existe uma definição da teologia aceita e

O método da teologia

1. ESQUEMA DAS FONTES DA TEOLOGIA – a) Inspirada: Sagrada Ecritura – b) Não inspiradas 2. FONTES DA TEOLOGIA NÃO OBJETIVIZADAS A. OS SINAIS DOS TEMPOS COMO FONTE DE TEOLOGIA B. O HOMEM COMO FONTE DE TEOLOGIA a) O teólogo como fonte de teologia b) O destinatário da teologia como sua fonte C. A FÉ

Fontes da teologia

1. ESQUEMA DAS FONTES DA TEOLOGIA – a) Inspirada: Sagrada Ecritura – b) Não inspiradas 2. FONTES DA TEOLOGIA NÃO OBJETIVIZADAS A. OS SINAIS DOS TEMPOS COMO FONTE DE TEOLOGIA B. O HOMEM COMO FONTE DE TEOLOGIA a) O teólogo como fonte de teologia b) O destinatário da teologia como sua fonte C. A FÉ

Objetivos ou fins da teologias

1. A cultura da fé 2. A sabedoria cristã 3. O serviço à Palavra de Deus 4. O serviço ao Povo de Deus Ao indagarmos sobre os objetivos da teologia, apresentamos com isso o problema das funções que ela cumpre ou deve cumprir. Esses objetivos e essas funções distinguem-se de acordo com a maneira de

Objeto da teologia

1. A Palavra de Deus, ou seja a Revelação 2. A fé 3. O homem 4. Cristo 5. Deus 6. Conclusões Apesar de o nome “teologia” apontar nitidamente para Deus como o “objeto” da teologia (“objeto” entre aspas, visto que falar e escrever sobre Deus pessoal como objeto desperta justificadas restrições), o objeto dessa área

Tipos de teologias

1. Teologia especulativa, positiva e mística 2. Teologia investigadora e transmissora 3. Teologia das escolas e centros de pensamento 4. Teologia polêmica, irênica, simbólica e ecumênica 5. Teologia catafática e apofática 6. Teologia da cruz e teologia da glória 7. Teologia querigmática No âmbito de uma única ciência teológica ocorrem muitos tipos. Os mais freqüentemente

Variedade de teologias

Quando queremos caracterizar alguma ciência (área de conhe-cimento), apontamos para o seu objeto (juntamente com os seus aspectos), seus objetivos e os métodos de que se utiliza. Tendo isso em mente, vamos fixar a nossa atenção em autores selecionados para verificar como eles “fazem a teologia”. Isso nos facilitará a formulação de uma resposta a

Significado do nome “teologia”

É difícil imaginar que a teologia não se chame “teologia”. O nome corresponde muito bem àquilo que com ele nos acostumamos a assinalar. O protótipo grego teologia, de teos – deus e logos – palavra, fala, ciência, passou sem mudanças (além das alfabéticas) ao latim – theologia, e a seguir às línguas modernas. Os italianos

Ir para o topo